Social Icons

Featured Posts

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Culto da Ressurreição

A ressurreição de Cristo é o seu grito de triunfo sobre a morte. É a prova cabal de que sua morte foi eficaz, de que seu sacrifício vicário foi perfeito e de que a porta da esperança está aberta para nós. Não adoramos o Cristo preso na cruz nem o Cristo vencido pela morte. Jesus ressuscitou. Ele está à destra de Deus, de onde voltará com grande poder e glória. Vamos abordar essa magna doutrina da ressurreição sob três perspectivas:

1. A ressurreição de Cristo é um fato inegável (1Co 15.1-8) – Cristo morreu, foi sepultado e ressuscitou segundo as Escrituras. Sua morte e ressurreição não foram um acidente, mas uma agenda. Ele não morreu como um mártir, o Pai o entregou e ele voluntariamente se deu. Sua morte foi pública e sua ressurreição confirmada por várias testemunhas. Nossa fé não está fundamentada num mito. O alicerce da nossa esperança não está numa lenda. Os céticos tentam desesperadamente negar essa verdade incontroversa. Alguns dizem que Jesus não chegou a morrer, mas apenas teve um desmaio na cruz. Outros dizem que os discípulos roubaram o corpo de Cristo. Ainda outros dizem que as mulheres foram ao túmulo errado e divulgaram a notícia de que sua sepultura estava aberta. As trevas do engano, entretanto, não podem prevalecer contra a luz da verdade. Jesus está vivo. A realidade de sua ressurreição mudou a vida daqueles discípulos pusilânimes. Dominados pela convicção da vitória de Cristo sobre a morte, eles tornaram-se homens ousados e enfrentaram com galhardia os açoites, as prisões e o martírio.

2. A ressurreição de Cristo é um fato indispensável (1Co 15.12-20a) – O apóstolo coloca o machado da verdade na raiz do falso pensamento grego acerca da ressurreição. Pelo fato de eles considerarem a matéria má e o corpo como cárcere da alma, não aceitavam a ressurreição do corpo. Paulo argumenta que se não há ressurreição do corpo, então Cristo não ressuscitou, e se Cristo não ressuscitou é vã nossa pregação e a nossa fé. Se Cristo não ressuscitou somos falsas testemunhas de Deus. Se Cristo não ressuscitou ainda permanecemos nos nossos pecados. Se Cristo não ressuscitou os que dormiram em Cristo pereceram. Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens. Mas, de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos. A ressurreição de Cristo é a pedra de esquina que mantém o edifício do cristianismo de pé. O túmulo vazio de Cristo é o berço da igreja. Porque Cristo ressuscitou, a morte não tem a última palavra. Porque Cristo ressuscitou o túmulo gelado não é nosso destino. Caminhamos não para um ocaso lúgubre, mas para uma manhã radiosa de imortalidade e gozo eterno.

3. A ressurreição de Cristo é um fato incomparável (1Co 15.20b-28) – Cristo levantou-se da morte como primícias dos que dormem. Ele abriu o caminho e após ele seguiremos. Como morremos em Adão, seremos vivificados em Cristo. Quando ele vier em sua majestade e glória, os mortos ouvirão dos túmulos a sua voz e sairão, uns para a ressurreição da vida e outros para a ressurreição do juízo. Ao vencer a morte, ele tirou o aguilhão da morte e matou a morte com sua morte, triunfando sobre ela na ressurreição. Sua ressurreição é a garantia da nossa ressurreição. À semelhança dele teremos, também, um corpo de glória. Nosso corpo será imortal, incorruptível, poderoso, glorioso, espiritual e celestial. Vamos brilhar como as estrelas no firmamento e como o sol no seu fulgor. Caminhamos, portanto, não para um horizonte pardacento, mas para um céu de glória, onde estaremos com Cristo eternamente e com ele reinaremos para sempre!

terça-feira, 17 de março de 2015

A NOVELA DA GLOBO: BABILÔNIA, A SODOMIZAÇÃO DA CULTURA!

A Rede Globo de Televisão dá mais um passo para arrastar nossa cultura para o abismo da sodomização, com sua nova novela das 21h, chamada de "Babilônia". Não é por outra razão que o livro de Apocalipse fala da Babilônia como a Grande Meretriz que Deus julgará, por causa de sua violência e de sua luxúria. Leia atentamente Apocalipse capítulos 17 e 18 e veja o que a palavra de Deus fala sobre essa promoção da iniquidade e o juízo divino que isso acarreta. Essa novela faz apologia da desconstrução da família conforme Deus a instituiu. Não seja conivente com o erro. Tenha a coragem de mudar de canal!
Fonte: Hernandes Dias Lopes.

segunda-feira, 2 de março de 2015

Campanha Para Recontsrução do Telhado

Queridos amigos essas são algumas fotos tiradas durante o nosso culto noturno ontem na nossa congregação Presbiteriana em Bodocó, sertão Pernambucano, faz um mês que estou pastoreando essa congregação, e a despeito de todas as dificuldades que enfrentamos, dificuldades elétricas, estruturais do templo, e financeira, posso dizer indubitavelmente que a congregação Presbiteriana em Bodocó é uma flor que o Senhor fez brotar em meio ao deserto. Aqui tem um povo sofrido, mas, temente a Deus, que demonstra um respeito enorme pelos seus pastores, povo de oração, que ama a Cristo e o Seu Reino, ontem, mesmo ao ar livre havia igual sentimento de alegria e de prazer em estarmos juntos cultuando ao Deus vivo.
Estamos muito feliz apesar de todas as dificuldades enfrentadas.
Se houver algum irmão e igreja ou irmão que queira nos ajudar por favor nos ajude a fazermos o nosso telhado. veja os trabalhos de nossa igreja acessando o nosso blog:
Pastor Robson Santos
Email: rev.robsonsantos@hotmail.com
Fone: (87) 9972-9199
Blog: http://igrejapresbiterianabdc.blogspot.com.br/

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Reconstrução do Telhado

Estamos diante de um grande desafio.
Infelizmente no passado contratou se um pedreiro irresponsável e agora o vigamento que da sustentação ao telhado de nossa congregação esta apresentando várias rachaduras. Como os irmãos e amigos podem ver nas fotos tivemos que urgentemente por escoras nas vigas e a partir de amanhã infelizmente, por motivo de segura estaremos realizando o nossos cultos no nosso terreno na frente da igreja. Se algum irmão quiser nos ajudar por favor entrem em contato conosco, pois nós queremos fazer uma coberta de estrutura metálica como essa das fotos. Que o Senhor esteja nos ajudando nesta empreitada.
Os gastos com esse projeto estão estimados em 8.000,00 mil reais.
O Telhado terá o comprimento de 14mt e uma largura de 10mt.
Maiores informações falar com o Pastor Robson Santos
Email: rev.robsonsantos@hotmail.com
Fone: (087) 9972-9199
Blog: http://igrejapresbiterianabdc.blogspot.com.br/
QUE DEUS TE ABENÇOE PODEROSAMENTE.
CONTAMOS COM SUA CONTRIBUIÇÃO.

JESUS, O PRÍNCIPE DA PAZ

O mundo está marcado pela dor, encharcado de sangue, ferido pela guerra e adoecido pelo ódio. As guerras tornam-se cada vez mais encarniçadas e os homens cada vez mais violentos. Há guerras entre nações e guerras dentro das famílias. Há guerras tribais e guerras religiosas. O homem é um ser em conflito. Seu coração é um campo de batalha. Levantamos monumentos à paz e cada vez mais construímos armas de destruição. Falamos de paz, mas gastamos mais com a guerra. Dizemos que o amor é o oxigênio da vida, mas respiramos o ódio. Nesse mundo marcado pela violência, Jesus se apresenta como o Príncipe da Paz.

Ele não veio apenas falar da paz, ele é a paz. Ele veio fazer a paz com o sangue da sua cruz. Ele nos dá paz com Deus, pois perdoa nossos pecados. Ele nos dá a paz de Deus, porque alivia nosso coração da angústia. Ele nos dá paz interior, porque onde Jesus reina, a alegria triunfa sobre a tristeza, o amor prevalece sobre a mágoa e a esperança finca a sua bandeira onde outrora reinava o desespero.

“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” Jo 14.27

Fonte: Cada Dia - Dezembro de 2010 - Autor: Hernandes Dias Lopes

domingo, 22 de fevereiro de 2015

VOCÊ ESTÁ SE PREPARANDO PARA O DIA DO SENHOR?

O domingo é o dia do Senhor. A igreja cristã, em todo o mundo, reúne-se nesse dia, para adoração. Os puritanos diziam que o domingo é a feira da alma. É tempo de festa e alegria. É tempo de adoração a Deus e comunhão com os irmãos. É tempo de estudo da Palavra e louvor. É tempo de ensino e aprendizado. É tempo de carregar as baterias para um testemunho vibrante fora dos portões. Prepare-se para esse dia com entusiasmo e diga como o salmista: "Alegrei-me quando me disseram: vamos à Casa do Senhor" (Sl 122.1).
Hernandes Dias Lopes

sábado, 21 de fevereiro de 2015

BELEZA FÍSICA NÃO É TUDO

Uma mulher bonita sempre chama a atenção. Quando Deus fez a mulher não colocou mais a mão no barro, mas tirou-a da costela do homem. A mulher é a última obra da criação, a mais bela, a mais encantadora. A mulher tem uma beleza física singular. Porém, a beleza exterior sem a beleza interior é completa frustração. A Bíblia diz que enganosa é a graça e vã a formosura. O apóstolo Pedro diz: “Não seja o adorno da esposa o que é exterior”. O sábio Salomão compara a mulher bonita, mas indiscreta, como uma joia no focinho do porco, animal que vive se arrastando na lama.
Assim é a mulher que tem corpo bonito, mas língua solta; tem aparência atraente, mas desanda a boca para espalhar boatarias. Formosura e leviandade não combinam. A beleza externa de uma mulher é completamente apagada se sua língua é fonte de maldade. Nesse tempo em que se cultua a beleza e se escarnece da virtude, precisamos dar ouvidos às palavras de Salomão: “Como joia de ouro em focinho de porco, assim é a mulher formosa que não tem discrição”.
“Como joia de ouro em focinho de porco, assim é a mulher formosa que não tem discrição.” Pv 11.22
(Fonte: Cada Dia - Outubro de 2011 - Autor: Hernandes Dias Lopes)
Foto: Internete
 
Blogger Templates